Artes marciais e alimentação: humildade, superação e resultados – parte I

E aí sossegados? Tudo bem?

Faz mais de mês que não posto nada, eu sei, mas estive preparando um bom material para publicar neste espaço, e como prezo a qualidade do conteúdo e não a quantidade do mesmo, faço questão de escrever e reescrever inúmeras vezes cada postagem, com o intuito de deixar a leitura gostosa, interessante e que acrescente algo na vida de cada um de vocês. Tenho também duas novidades maravilhosas para contar: a primeira é que decidi cursar gastronomia e passei no vestibular! A coisa ainda está meio enrolada devido ao programa privado de financiamento, mas tenho fé que tudo dará certo no final (e se não der… bem, a gente aguarda o momento certo e tenta novamente)! A segunda é que troquei de faixa no Aikido, uma das modalidades de artes marciais que pratico (fora esta, também sou praticante do muay thai). Saí da branca para a amarela, ou seja,subi o primeiro degrau do imenso rol de conhecimento que essa arte possui. Até aí tudo bem, mas vocês devem estar se perguntando porque estou contando essas duas coisas nesta postagem, certo? Bom, é que uma coisa leva a outra…

Continuar lendo Artes marciais e alimentação: humildade, superação e resultados – parte I