Conversa Fiada: Retomando as atividades no blog!

Boa noite Sossegados, tudo bem? 
 
Depois deste pequeno hiato por alguns problemas técnicos com nossa internet, estamos de volta com as postagens! 
Acho que vocês tem acompanhado nossa página no Facebook, não?
Pois então, tivemos um evento neste sábado que passou, dia 16/08, no Café Rock Bar, dos nossos parceiros de sempre – o Sérgio e a Vanessa. 
Como no evento anterior, fomos bem recebidos e tivemos uma ótima saída nos nossos pratos – os já “meio famosos” escondidinhos; desta vez em quatro variações saborosíssimas! 
Este trabalho foi possível devido não somente a parceria com o pessoal do Café Rock Bar, mas também ao apoio e incentivo dos amigos, ao companheirismo do Marcelo (meu parceiro, sócio e noivo – uia!) e do apoio de outros parceiros, como o “pitaco” bacana do Carioca, do Pirata Rock Bar,  da competência da Designer Renata Vaz, responsável por todo o material gráfico do Sossega ultimamente, dos contatos com novos fornecedores como a Livre e Leve Alimentos Veganos e não menos importante, a presença de todos que prestigiaram, experimentaram, aprovaram e se divertiram conosco! 
O mais bacana nessa história toda, é que recebi a visita semi-inesperada (porque só acreditei quando eles chegaram mesmo) do casal de amigos Erickson e Karyn, que vieram de Curitiba para prestigiar o evento e degustar nossas receitas! 

A Karyn é vegana e pudemos trocar muitas figurinhas sobre inúmeros ingredientes e temperos, fazendo juz ao lema do Sossega, o de que cozinhar é uma troca de experiências! 
Ela observou, de maneira muito pertinente, após explorar a gama de temperos disponíveis aqui em nosso cantinho, que sou muito fã da culinária do oriente médio e da brasileira nordestina (obviamente), então, para costurar toda essa nossa conversa, embora não seja vegana e como hoje não tenho receitas novas para postar a vocês, vou indicar aqui a receita do Chef Orlando Baumel, do OBA Gastronomia: O Arrumadinho de Carne Seca
Esse prato nada mais é que um parente distante (e invertido) do prato que é o carro chefe do Sossega! Seus ingredientes ao contrário do escondidinho, ficam aparentes e arrumados, um sobre o outro no prato! 
Acompanho sempre os posts do Orlando e sua maneira gostosa de desmistificar as receitas e transformar aquilo que poderia ser um grande bicho de sete cabeças em algo extremamente prazeroso e descontraído, além de sempre trazer um pouquinho de história e curiosidade sobre os pratos e os ingredientes que utiliza. Aliás, o portal OBA, tem receitas incríveis de caldos, bases, e uma grande diversidade de pratos para todas as ocasiões e graus de dificuldade. 
Super indico e vale a pena conferir (e gente, não é jabá, tsá?)!
Confesso que as lombrigas ficaram tão alvoroçadas quando vi essa receita, que enquanto não a executasse não sossegaria. E a Ofélia que habita em mim entrou em ação: Executei com prazer extremo e comi. 
Comi com gosto, com vontade e sem medo de ser feliz! 
Querem ver como ficou a nossa versão? Espia aí!
 
 
É claro que, o Chef Orlando fez um prato muito mais apetitoso, principalmente aos olhos – mas o sabor ficou sensacional. Achei muito fácil de fazer e o que mais dá trabalho, na verdade é a carne seca, mas basta seguir certinho os passos da receita e cuidar para que a farinha de mandioca não torre demais! Quanto ao tempo de preparo, tirando a parte da “dessalga”, levei uns 30 a 40 minutos para preparar! 
 
 
Então, por hoje é isso! 
Um grande abraço e aguardem que essa semana tem muitos posts saindo do forno para vocês. 
Uma ótima semana, gente! 
 
 
P.S.: Todos os links desse post estão sinalizados para que vocês também possam conhecer meus parceiros, além de verificar as referências do que pesquiso! 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *